3 prós de aluguel de apartamentos mobiliados

3 prós de aluguel de apartamentos mobiliados

25 de março de 2021 0 Por eduardo

Diferença de preço com mobília e sem mobília

Na maioria das cidades do país, os apartamentos mobiliados custam mais para alugar do que os não mobiliados, então os proprietários podem cobrar um aluguel mais alto. Muitos locatários acham que vale a pena porque os poupa de ter que comprar móveis.

A diferença de preço varia muito de cidade para cidade e, em muitos casos, os contratos de aluguel mobiliados são mais curtos do que os não mobiliados. Isso se deve ao fato de que muitas pessoas que procuram um apartamento mobiliado estão em busca de moradia temporária. Os aluguéis típicos para moradias de curto prazo são mais altos porque o proprietário precisa compensar os custos do aumento de vagas criado por contratos de aluguel mais curtos. Não é incomum que um apartamento mobiliado seja alugado por um valor 20-40% maior do que um apartamento sem mobília. Para estadias de curta duração, menos de um mês, esse número aumentará ainda mais.

Depósito de segurança superior

Os proprietários também podem cobrar mais de um depósito para apartamentos totalmente mobiliados. Por exemplo, em alguns estados, os proprietários podem cobrar apenas um determinado depósito máximo para os sem mobília, mas um valor máximo mais alto para os mobiliados. O objetivo é proteger o locador ao cobrir os custos de substituição ou reparo de móveis danificados.

Mercado-alvo previsível

Como os apartamentos mobiliados custam mais, os proprietários atraem automaticamente inquilinos que podem pagar por isso – geralmente jovens profissionais, jovens famílias ou estudantes que não acumularam seus próprios móveis. Se o imóvel alugado for em uma cidade universitária ou em uma área mais urbana, é provável que haja muitos inquilinos em potencial procurando por tal aluguel e um proprietário possa se beneficiar do atendimento a esse mercado.

3 contras de aluguel de apartamentos mobiliados

Embora existam muitos prós, existem alguns contras em oferecer um aluguel mobiliado:

Maior potencial de danos

Mobiliar um apartamento significa que existe mais potencial de danos, o que significa um maior encargo financeiro se os inquilinos não cuidarem do imóvel e do mobiliário no seu interior. As responsabilidades de reparo e substituição aumentam com um apartamento mobiliado, já que os proprietários devem estar atentos a danos reais e evitar o desgaste normal. Como a mobília eventualmente se desgasta, os proprietários devem planejar peças de reposição ao longo do tempo para que o aluguel permaneça atraente em vez de gasto.

Maior rotatividade

Outra desvantagem de alugar um imóvel mobiliado é que os inquilinos costumam optar por contratos de arrendamento de prazo mais curto. Jovens profissionais, estudantes, solteiros, famílias jovens e outros que não possuem muitos bens materiais costumam procurar moradias mobiliadas por serem mais transitórias, devido a transferências de empregos, formatura escolar ou mudanças de vida.

Custos de armazenamento

Os proprietários devem providenciar o armazenamento se os móveis não puderem ficar na propriedade alugada. Por exemplo, se o proprietário concordar e os inquilinos quiserem usar seus próprios colchões e estrutura da cama, o proprietário é responsável por mover a cama existente e encontrar armazenamento para ela. Da mesma forma, se o locador quiser pintar ou reformar o carpete entre as vagas, ele deve providenciar a mudança e / ou armazenamento dos móveis para que as equipes de trabalho possam fazer o trabalho.

Em última análise, a escolha de alugar um imóvel mobiliado ou não mobiliado realmente depende do mercado-alvo. Visto que estudantes e jovens profissionais tendem a alugar propriedades mobiliadas, enquanto casais e famílias preferem unidades não mobiliadas, cada proprietário deve decidir qual condição resulta em muitos inquilinos qualificados.

FONTE: https://www.r7.com/

FONTE: https://www.terra.com.br/noticias/

FONTE: https://noticias.uol.com.br/

FONTE: https://www.estadao.com.br/mais-lidas

FONTE: https://www.metropoles.com/