Classificação dos processos de soldagem

22 de março de 2021 0 Por eduardo

Já comentamos aqui em nosso diário online que os fumos de soldagem originados nos processos de soldadura são provenientes dos metais que estão sendo soldados e dos eletrodos que são fundidos em vários processos.

No entanto, é fundamental saber que os fumos de soldagem emitidos ao longo as coisa de soldadura firmam um perigo potencialidade para à saúde do soldador, especialmente em ofício dos vários processos de soldagem (MIG/MAG, eletrodo calçado, arama tubulado e mais ) e dos materiais usados.
Porém além dos processos e dos materiais, vários são os mais elementos que tem influencia na porção de fumos de soldagem produzida. Conhece-los será primordial para definir as explicações mais adequadas de apreensão dessas generalidades perigosas.

Como os fumos de soldagem são formados?

Estes vapores e gases que se desprendem das peças em liga são capazes de ser fabricados a partir de todos os generalidades da soldagem, caso da superfície da canhão, eletrodo, blindagem do eletrodo, substâncias adicionadas à soldadura, além do tipo de fluxos e da figura de óleos protetores.


Precisamente dessa forma é necessário que exista entendimento sobre os eletrodos e sobre os materiais que estão sendo usados no processamento de soldagem. Apenas dessa maneira será possível proporcionar a melhor tecnologia para sintonizar estes fumos gerados, garantindo maior proteção à saúde do agente.

No momento em que originados pelos metais a composto química depende dos metais usados. Por exemplo, caso o metal seja aço, os fumos originados contem grandes concentrações de ferro e mais baixos concentrações dos demais metais formadores da coalizão. Estes metais existentes dependem do tipo de aço (manganês, imagem, dinheiro, zinco – existentes em altas concentrações em peças galvanizadas).


Vale advertir que cerca de 90 a 95% dos fumos de soldagem se originam de consumíveis de soldagem escolhidos. O remanente surge do material de base.

Demais elementos que tem influencia na formação dos fumos
Além do tipo de soldagem e dos materiais usados no processamento, a porção formada de fumos de soldagem costuma sujeitar-se de vários mais elementos.

Tipo de corrente

Em processos de soldagem a utilização da corrente alternada (AC) é definida por realizar maiores emissões que a corrente continua (DC).


Volta dos eletrodos


Quanto maior for o diâmetro do eletrodo empregado, maior será a porção de fumos de soldagem fabricados.


Tipo de blindagem empregado


O elemento com a qual o eletrodo é calçado é um dos elementos que mais influencia na formação dos vapores de soldagem e dessa forma precisam ser consideradas.


Os eletrodos revestidos de rutilo ( ocorrência natural do mineral dióxido de titânio – Titio 2), por exemplo, desenvolvem a menor porção de fumos de soldagem, enquanto os eletrodos revestidos de celulose são responsáveis por realizar uma maior porção de emissões de substâncias nocivas.

Passo do eletrodo

Se o passo do eletrodo for plano, mais baixos quantidades de fumaça de soldagem são criadas, já ângulos de opugnação mais acentuados aumentam a porção de fumaça produzida.

A figura de óleos e demais substâncias existentes no material a ser colado são responsáveis por reforçar incrivelmente a porção de fumos de soldagem gerados, dessa forma precisam ser constantemente considerados.

Nessa sedição, todos os setores industriais adotam um viaduto aumento tecnológico.
Porém você sabia que a soldagem robotizada representa um ataque industrial que similarmente é resultado da Indústria 4.0?Com a indústria 4.0, todas as etapas da soldagem industrial são minuciosamente planejadas, executadas e fácil controladas, constantemente com o princípio eficiência das coisa.

FONTE: https://pt.wikipedia.org/wiki/Soldagem