Diálise peritoneal: o que você precisa saber

Diálise peritoneal: o que você precisa saber

18 de janeiro de 2021 0 Por eduardo

Antes que a diálise estivesse disponível, a insuficiência renal total significava a morte. Hoje, as pessoas com insuficiência renal podem sobreviver por causa de tratamentos como diálise e transplante renal.

O que é diálise?

A diálise é uma forma de limpar seu sangue quando seus rins não podem mais fazer o trabalho. Ele elimina os resíduos do corpo, o excesso de sal e água e ajuda a controlar a pressão arterial.

Existem diferentes tipos de diálise?

Existem dois tipos de diálise. Na hemodiálise, o sangue é bombeado do corpo para uma máquina de rim artificial e devolvido ao corpo por tubos que o conectam à máquina. Na diálise peritoneal, o revestimento interno de sua própria barriga atua como um filtro natural. Os resíduos são removidos por meio de um fluido de limpeza chamado dialisato, que é lavado para dentro e para fora de sua barriga em ciclos.

Como funciona a diálise peritoneal?

Um tubo de plástico macio (cateter) é colocado em sua barriga por cirurgia. Um fluido de limpeza esterilizado é colocado em sua barriga por meio desse cateter. Depois de concluído o processo de filtragem, o fluido sai do corpo através do cateter.

Fonte: Reprodução: Pinterest

Existem dois tipos de diálise peritoneal:

Diálise Peritoneal Ambulatorial Contínua (CAPD) e
Diálise Peritoneal Automatizada (DPA)
O tratamento básico é o mesmo para cada um. No entanto, o número de tratamentos e a forma como os tratamentos são realizados tornam cada método diferente.

O CAPD é “contínuo”, sem máquina e executado enquanto você realiza suas atividades normais, como trabalho ou escola. Você faz o tratamento colocando cerca de dois litros de fluido de limpeza em sua barriga e depois drenando-o. Isso é feito ligando um saco plástico de fluido de limpeza ao tubo em sua barriga. Elevar o saco plástico até o nível do ombro faz com que a gravidade empurre o fluido para dentro de sua barriga. Quando vazio, o saco plástico é removido e jogado fora.

Quando uma troca (colocar e tirar o fluido) é concluída, o fluido (que agora tem resíduos removidos do seu sangue) é drenado de sua barriga e jogado fora. Esse processo geralmente é feito três, quatro ou cinco vezes em um período de 24 horas, enquanto você está acordado durante suas atividades normais. Cada troca leva cerca de 30 a 40 minutos. Alguns pacientes gostam de fazer suas trocas na hora das refeições e na hora de dormir.

O APD difere do CAPD porque uma máquina (cicladora) fornece e drena o fluido de limpeza para você. O tratamento geralmente é feito à noite, enquanto você dorme.

Que tipo de diálise peritoneal é a melhor?

O tipo de diálise peritoneal que é melhor para você depende de sua escolha pessoal e de sua condição médica. Seu médico o ajudará a escolher o que é melhor para você.

Quais são os prós e os contras de fazer diálise peritoneal?

Alguns médicos acham que CAPD e APD têm vários benefícios quando comparados à hemodiálise. Com a diálise contínua, você pode controlar o fluido extra com mais facilidade, e isso pode reduzir o estresse no coração e nos vasos sanguíneos. Você pode comer mais e usar menos medicamentos. Você pode fazer mais suas atividades diárias e é mais fácil trabalhar ou viajar.

No entanto, existem algumas pessoas para as quais a diálise peritoneal pode não ser apropriada. O abdômen ou a barriga de algumas pessoas, especialmente aquelas com obesidade mórbida ou aquelas com várias cirurgias abdominais anteriores, podem tornar os tratamentos de diálise peritoneal difíceis ou impossíveis. A peritonite (infecção do abdômen) é uma complicação ocasional, embora não seja freqüente com as precauções adequadas. Ao tomar uma decisão sobre o tipo de tratamento, você deve levar em consideração que a diálise peritoneal é geralmente um processo diário, semelhante ao funcionamento do rim e pode ser mais suave com a remoção de fluidos do corpo. A diálise peritoneal é uma forma eficaz de diálise, e tem se mostrado tão boa quanto a hemodiálise.

A diálise peritoneal não é para todos. As pessoas devem receber treinamento e estar aptas a realizar corretamente cada uma das etapas do tratamento. Um ajudante treinado também pode ser usado.

Fonte: Produção: Pinterest

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Di%C3%A1lise_peritoneal