Make Up Your Styles

por Dani Zaccai

Dica de Loja em Nova York: Kiko Milano

From NYC

Hoje é dia de falar de uma loja super legal, ideal para quem é viciada por maquiagem! A Kiko Milano é uma marca italiana criada em 1997, facilmente encontrada na Europa (conheci ela na minha viagem a Polônia!), e com algumas lojas nos Estados Unidos – em Miami (mostrei no post do dia 2 de Miami, que visitei a Lincoln Road), como já mostrei, e no Queens em NY.

kiko-lojas

Eu amei a loja e trouxe vários produtos para experimentar. Aliás, tem duas resenhas já no blog, é só colocar Kiko no campo de busca. Os produtos deles têm uma infinidade de cor, tanto em bases, corretivos, como sombras, lápis e esmaltes!

loja-kiko-cores

A loja sempre tem uma sessão de preços especiais, então fiquem de olho. Comprei um lápis marrom para os olhos que é demais (em breve resenha aqui!) nesta promoção e paguei 3 dolares!

loja-kiko-promo

Ah, e eu testei um lançamento deles que amei – os lápis gordinhos para iluminação e contorno, chamado Contouring Pencil Set (U$14 por dois lápis, sendo um iluminador e um de contorno)! Fiz até um swatch deles para vocês! Muito pigmentados, cremosos e esfumam muito bem! Amei o iluminador do kit 01!

loja-kiko-contouring-pencil-set

As fotos não estão maravilhosas porque eles não deixam tirar foto em nenhuma loja – tentei em Miami e não consegui, e fui tirando mega escondida estas!

Como Chegar: Infelizmente, a marca não possui loja em Manhattan (ouvi dizer que existe planos de abrir duas lojas na ilha, mas por enquanto nada aconteceu!), mas tem uma loja no Queens Center, que é relativamente próxima (média de 30 minutos de metro, descendo na estação Woodhaven Blvd, das linhas E,M ou R), Também tem no Staten Island Mall, mas é bem mais longe – ferry de Manhattan até Staten Island + 1 hora de ônibus até o shopping.



Dica de Bakery em NY: Little Cupcake Bakeshop

From NYC

Nova York é cheia de minis bakerys por suas esquinas! Uma delas é a Little Cupcake BakeShop, numa esquina do Soho. É super pequena e bem decorada, com mesinhas para poder tomar um café gostoso, e alguns bancos do lado de fora. Quando fui, estava mega cheia, o que não facilitou as fotos!

little-cupcake

Os cupcakes são lindos e usam produtos orgânicos, naturais, de fabricantes locais e sem conservantes! Muitos deles, inclusive, possuem a versão sem gluten! Além disso, parte da renda vai para o projeto FEED, que tem como objetivo reduzir a fome entre as crianças em todo o mundo.

little-cupcake-comidinhas

A loja ainda conta com algumas fofurinhas para você levar para casa, como totes, copos térmicos, aventais, e lip balms!

little-cupcake-prod

Endereço: 30 Prince Street (esquina com a Mott St).

Como Chegar: De metro, pelas linhas N e R (estação Prince St), linha 6 (estação Spring St) e linhas B, D, F ou M (estação Broadway-Lafayette). De ônibus, pelas linhas M21 e M103.



Lugar para conhecer em NY: Coney Island

From NYC

Hoje a dica é de um passeio delicioso, para dias de primavera e verão – e até do comecinho do outono! Coney Island é uma península localizada no Brooklyn, com uma praia fofa, um píer lindo, um aquário, um parque de diversões super legal, e um restaurante famosíssimo. Falarei de todos estes itens neste post!

Logo que você sai do metro, pela saída da Surf Avenue ou Stillwell Avenue, você dá de cara com o Nathan’s, nome do cachorro quente mais famoso de NY. O restaurante funciona naquela esquina desde 1916, e pessoas como Al Capone, Barbra Streisand, Jaqueline Kennedy, e Franklin Roosevelt. Lá você também encontra um telão que faz uma contagem regressiva para o próximo 4 de Julho, dia da Independência dos Estados Unidos, dia que ocorre a famosa competição de quem come mais hot dogs em um período de tempo.

coney-island-nathans

Não é o único Nathan’s da região (tem outro no calçadão), mas o mais agradável, com mesinhas do lado de fora bem bonitinhas. Eu não como hot dog (tem foto do pessoal que foi comigo), e pra quem não come, minha dica é o milho na espiga e o sanduiche de peixe deles, uma delicinha!

Acabando de comer no Nathan’s, pare numa lojinha pequena de doces que tem colado com as mesas na Stillwell Avenue, a William’s Candy. Lá você encontra Marshmellows cobertos com chocolate e M&M’s, ou doce de caramelo com castanhas, Maça do amor com M&M’s, granulado e mais um monte de coisas gostosas.

coney-island-williams-candy

O calçadão é uma delícia de andar – apesar de nos finais de semana estar sempre lotado – e você encontra diversas lanchonetes, um Pier, a entrada do parque e do New York Aquarium.

coney-island-calcadao

Não deixe para comprar ingresso do New York Aquarium na hora – geralmente a fila é imensa, e embaixo de sol. Além do mais, na internet é um pouco mais barato (uns 10%). É legal? É! É imperdível? Não. Tem algumas coisas interessantes, peixes de cada região do mundo – inclusive do Brasil.

coney-island-aquarium

A parte de fora é fofa, e você encontra leões marinhos, pinguins, lontra, e tubarões. Tem um espaço para shows com o leão marinho, mas não estava tendo quando fomos – os horários são pré marcados e você pode conferir no site antes de ir!

coney-island-aquarium-outside

O pier é uma delícia. e te dá uma vista bem bonita de Coney Island – vale a pena andar até a ponta!

coney-island-pier

Existem dois parques diferentes, que ficam meio que misturados – os brinquedos do Deno’s Park são os que estão na segunda foto; os outros são do Luna Park.  A maioria dos brinquedos está no Luna Park, que tem uma promoção: na compra de 40 créditos (ou seja, 40 dólares), você ganha 6 (que não podem ser usado em Games, só em brinquedos, que eles chamam de Rides).

coney-island-tickets

O Luna Park é mega americano – a céu aberto, com diversas brincadeiras para ganhar prêmios, como de acertar água no pé com chulé, bater nos jacarés, jogar a bolinha para o boneco chegar mais rápido na linha de chegada e etc, chamados de Luna Game. Cada game custa em média 4 dólares, enquanto as rides custam 6 dólares, e as principais montanhas russas 10 dólares.

coney-island-luna-park-games

A montanha russa mais velha de Nova York, a Cyclone, está de pé desde 1927, e continua funcionando com seus trilhos de madeira. Tem muitas outras, entre elas a Thunderbolt, com a primeira subida totalmente na vertical, com direito a loops e inversões de cabeça para baixo!

coney-island-montanha-russa

Tem outros mil brinquedos, como Roda Gigante, chapéu mexicano (chamado Brooklyn Flyer), e etc – confere nas fotos abaixo! Ah, e não deixe de provar a Bill’s Lemonade, que tem um quiosque dentro do Luna Park, e é uma delícia!

coney-island-other-brinquedos

Para finalizar o passeio, não deixe de visitar a It Sugar, uma loja imensa de doces – são Jelly Bellys, M&M’s, Pop Rocks e outras delicias para todos os lados. E fica bem em frente ao metro!

coney-island-it-sugar

Eu adoro ir à Coney Island, mesmo sendo bem longe do centro da ilha – em média 1h30 de metro. Coney Island fica na estação final das linhas N, Q, F e D, sendo a N e D as mais rápidas.

IMPORTANTE: antes de visitar, cheque o horário de funcionamento do Luna Park – que varia de acordo com a estação do ano (no verão abre todos os dias, mas nas outras estações os dias são aleatórios).



Dica de passeio em NY: One World Observatory

From NYC

O One World Observatory é o novo ponto turístico de NY (inaugurado em 29 de Maio deste ano), uma torre construída próxima das antigas torres gêmeas (onde hoje está o Memorial WTC, que já mostrei no blog, e o 9/11 Museum), e leva o nome de One Trade Center – em homenagem às elas.  O One World Observatory é o edifício mais alto do hemisfério ocidental, e o observatório fica nos 100º, 101º e 102º andares.

one-world-observatory-porta

Chegando lá, tem filas para os diferentes próximos horários de subida, e você entra na fila do seu horário. Depois de passar pela segurança, você chega ao Global Welcome Center, o centro de boas-vindas com uma tela enorme em 10 línguas diferentes.

one-world-observatory-welcome-center

A segunda parte é uma sala chamada Voices, que você já passa meio que formando uma fila, que conta a história dos homens e mulheres que construíram o One World Trade Center. Em seguida, é a fase chamada Fundations, e você vê o leito das rochas onde o prédio está assentado e há diversas informações sobre o prédio.

one-world-observatory-voices-foundations

A fila vai seguindo ate chegar nos elevadores (são 5), chamados Sky Pods, que sobe ao 102º em apenas um minuto. As três paredes do elevador são em telas de LED, que mostra durante a subida como a linha do horizonte de NY se desenvolveu ao longo dos anos, desde o século XVI até hoje.

Saindo de lá, entramos no See Forever Theather, outro filme, agora de 2 minutos, com imagens da cidade, mostrando toda a energia e vibração que NY tem, além da vida na cidade em 3D. Quando o filme acaba… a surpresa: as telas sobem e a vista de Manhattan de cima se revela.

one-world-observatory-elevador-see-forever

Este andar não é 360º, e você pode inclusive pegar um ipad para te orientar na visita (pago!). Descendo a primeira escada, você chega no 101º andar, onde há um restaurante que serve também lanches e drinks. A vista é linda, e o preço, salgado.

one-world-observatory-andares

O observatório em si está no 100º, que, diferente do Empire State e Top of the Rock, é fechado e coberto. A vista 360º de Manhattan é de tirar o folêgo.

one-world-observatory-vistas

Neste andar, estão também o Sky Portal (disco circular que oferece uma vista do que esta acontecendo em tempo real nas ruas abaixo com imagens em alta definição – atenção, não é um chão de vidro!) e o City Pulse (são dois, e em cada um deles há um “concierge” interativo, com telas em formato de anel, que usam a tecnologia de reconhecimento de gestos para trazer imagens para as telas, permitindo que os visitantes tenham mais informações os pontos turísticos e bairros vistos de cima).

one-world-observatory-sky-citypulse

Informações extras:

– A melhor forma de comprar ingressos é pelo site, senão terá que fazer uma fila de mais de uma hora para conseguir comprar. Se escolher comprar online, é preciso imprimir o ingresso para poder entrar, já que eles são escaneados na entrada.

– Os ingressos devem ser comprados com hora marcada para subir, e você deve chegar ao local uns 15 minutos antes do seu horário.

– Os ingressos custam a partir de $ 32 para adultos e $26 para crianças, e crianças de até 5 anos não pagam.

– Todos os visitantes têm que passar pela segurança. É permitida a entrada com uma bolsa pequena, e não há guarda volumes para bolsas maiores.

– Aproveite para visitar o Memorial do 11 de Setembro que do lado, e uma homenagem muito lindo às vitimas das Torres Gêmeas. Elas não são ligadas ao Museu, e a entrada é gratuita (clicando no link tem as informações completas e fotos!).

one-world-observatory-map

Horários: Diariamente, de 29 de maio a 7 de setembro de 2015, das 09:00 à meia-noite (última entrada às 23:15) e de 8 de setembro a 5 de maio de 2016, das 09:00 às 20:00 (última entrada às 19:15).

Endereço: 285 Fulton Street (quase esquina com a West Street)

Como chegar: As estações de metro mais próximas são Cortlandt St, das linhas 1, N e R, a World Trade Center da linha E, e a Fulton St, das linhas 4 e 5. De ônibus, é possível chegar pelos: M5, BM1, BM2. BM3, BM4, X1 e mais alguns outros.



Dica de Restaurante em NY: Dos Caminos

From NYC

Para quem gosta de comida mexicana, o Dos Caminos é parada obrigatória em NY. O restaurante possui quatro endereços em Manhattan, e tem um ambiente descolado e decoração meio rustica, meio árida. Rs! Não sei explicar, é um clima bem México.

dos-caminos-restaurante

Amo a luzinhas do lado de fora da unidade do Soho, em dias mais quentes é muito gostoso sentar por lá! De entradinha, pedimos Warm Tortillas Chip, que vem acompanhada com três molhos, para enganar a fome, eu um Strawberry Mojito e o Dan uma cerveja.

dos-caminos-entradinha

De prato, eu pedi um Taco Vegetales (com abacate, aspargos, feijão branco, pepino e queijo fresco), e o Dan pediu um Taco Asada – que estava bem apimentado – com arroz, feijão mexicano e guacamole de acompanhamento.

dos-caminos-pratos

Fiquei com vontade de pedir uma sobremesa, mas eu já tinha comido muito e não consegui. Ainda quero voltar para comer a sobremesa com churros deles!

Endereços: Third Avenue com a 50th Street, Park Avenue com a 27th Street, Soho (475 West Broadway, esquina com a Houston Street) e MeatPacking (675 Hudson Street, esquina com a 14th Street).



Dica de passeio em NY: Roosevelt Island

From NYC

A dica de hoje é um passeio na Roosevelt Island, localizada no East River, entre Manhattan e o Queens. É um passeio bem diferente e fora da rota turística, já que é uma área residencial e não tem muito comércio. Mesmo assim, vale muito a visita – vocês verão ao longo do post.

Para chegar lá, é só pegar um bondinho vermelho, que faz parte do transporte público da cidade e custa o mesmo preço do metrô – é só passar seu MetroCard na catraca (tem post sobre Como andar de Metro em Nova York? aqui no blog) . A estação Roosevelt Island Tramway fica na esquina da 2nd Avenue e a 60th Street.

roosevelt-island-bondinho

Duas cabines fazem o serviço, de 7 minutos em 7 minutos (média) em cada ponta, desde às 6 da manhã até às 2:30 de dia de semana, e nos finais de semana até às 3:30 horas. O trajeto no bondinho tem essa vista maravilhosa, em paralelo com a Ponte de Queensboro, que vocês viram nas fotos acima, e leva 4 minutos.

Chegando lá, eu fui primeiro para a parte sul da ilha, que na minha opinião é a mais legal. Você desce um pouco e consegue começar a andar na beira do rio, com a vista para Manhattan, é muito lindo.

roosevelt-island-caminho-sul

Vi umas fotos deste caminho na época das cerejeiras, que é no final de Abril, e já desejei ir pra lá quando for a próxima. Peguei uma foto na internet para vocês verem como é lindo!

roosevelt-island-cerejeiras

Aí você vai passeando por este caminho, até chegar no Southpoint Park (uns 10 minutos a pé), onde ficam as ruinas do Smallpox Hospital (aberto em 1856 e abandonado em 1950), e o memorial em homenagem ao ex-presidente dos EUA Franklin Roosevelt.

roosevelt-island-southpoint

O memorial conta com uma escada imensa, e uma esplanada linda, com um gramadão e árvores, além de espaço para sentar e curtir um dia gostoso.

roosevelt-island-esplanada

Mais pra ponta da ilha, está o monumento com o rosto de Roosvelt, e sua frase mais famosa.

roosevelt-island-franklin

Depois de irmos até lá e ficarmos um pouco curtindo o dia que estava delícia, subimos novamente e resolvemos ir andando até a outra ponta da ilha – de ponta a ponta são 40 minutos. Lá na parte norte está o Lighthouse Park, onde tem o farol da ilha, e a The Octogon Tower, construída em 1839 como o centro de administração do asilo municipal do século 19. Achei a parte norte meio sem graça!

roosevelt-island-norte

Se não quiser caminhar, existe a opção de usar o ponto do ônibus vermelho que tem em Roosevelt Island – ele é gratuito e dá a volta na ilha, passando em cada uma das paradas de 15 em 15 minutos. Abaixo, uma foto do ônibus e o trajeto dele e as paradas que ele faz na ilha.

roosevelt-island-bus

Eu aconselho andar até o sul, e voltando ao meio, pegar o ônibus para conhecer o norte da ilha, se interessar! Para voltar, é só pegar o bondinho de volta para Manhattan. Também há a opção de ir e voltar de Roosevelt Island de metro, pela linha F – mas bondinho é bem mais legal! Rs!

Ah, e o crédito das fotos deste post vão pro Bruno, meu primo, que estava aqui e visitou conosco Roosevelt Island! ❤



Dica de sorveteria em NY: Big Gay Ice Cream

From NYC

A Big Gay Ice Cream é a sorveteria mais fofa que eu já vi na vida inteira. Ela nasceu em um truck em 2009, quando dois amigos resolveram vender sorvetes no verão daquele ano. São algumas opções de sorvetes prontos, opção básica de cone de baunilha ou chocolate e cobertura, ou então você monta o seu com os toppings inusitados que eles oferecem: azeite de oliva, pó de wasabi, coco queimado, nutella, key lime curd, pumpkin butter, peanut butter, doce de leite e etc!

big-gay-ice-cream

Para tudo que tem um unicórnio na parede! E o livro que conta a história deles tem um sorvete que brilha glitter na capa!! E a plaquinha obrigatória em todos os estabelecimentos americanos, que explica o que fazer em caso de alguém engasgar? É um unicórnio que está sendo socorrido! ❤

big-gay-ice-cream-details

Eles ainda vendem um monte de coisas fofas com unicórnios estampados, e o sorvete colorido. No dia não comprei porque estava mega cheia e não consegui ver direito. Mas ainda quero uma camiseta do unicórnio que não tinha quando eu fui – peguei a imagem dela na internet.

big-gay-ice-cream-prod

Eu pedi uma casquinha de chocolate com cobertura de chocolate e sparkles coloridos, para entrar no clima! Ah, o Dan e meu primo tomaram um milk shake de nutella cada um, que era dos Deuses (pena que não fotografei)! Fiquei com muita vontade de experimentar o Salt Pimp – sorvete de baunilha, doce de leite, sal marinho e cobertura de chocolate.

big-gay-ice-cream-sorvete

Vocês conseguem ver como estava lotado? Ainda nem era verãozão por aqui (fui em maio), e a sorveteria já estava mega cheia! Já ouvi dizer que no verão faz fila na porta. Mas olha – vale a pena!! São dois endereços em Manhattan, anotem!

Endereço 1: 105 E. 7th Street (quase esquina com a Avenue A). Como Chegar: as estações de metro mais próximas são: a estação 1Av da linha L e a Astor Place da linha 6. De ônibus, as melhores opções são o M8, M14A e M15.

Endereço 2: 61 Grove Street. Como chegar: a estação mais próxima é a W 4 St, das linhas A, B, C, D, E, F e M, e de ônibus, pelas linhas M8 e M20.



Dica de loja em NY: NBC Store

Cotidiano

Para quem não sabe, a NBC é uma emissora de televisão americana, responsável por diversas series famosas, como Friends, The Voice, Law&Order, Law&Order SVU, Saturday Night Live, Chicago Fire, House, Chuck (amo!), 30Rock, Parenthood, entre outros; além de desenhos como Smurfs e os famosos Minions! E a emissora tem uma loja localizada no Rockfeller Center.

nbc-store

A loja oferece diversos produtos dos serieados mais famosos, como vocês podem ver nas fotos abaixo. Achei que faltou um pouco de produtos de outras series – não sei se estava desfalcada quando fui! Amo Friends, e queria levar quase todas as t-shirts (U$30), e uma caneca (U$20) – mas achei os preços absuuuurdos.

nbc-produtos

Eu amo o símbolo deles, uma mistura de arco íris com meio limão.. sei lá! Rs! A almofada é fofa demais, mas…. cara também! Pra quem é viciada em series – principalmente as que vocês viram acima – vale muito a visita para pirarem nas coisas!

A emissora oferece também um tour que te leva dentro de alguns dos estúdios mais famosos da NBC! Está fechado para renovação, a reabertura está programada para o final de setembro! Fiquei super a fim de fazer o passeio e pretendo ir em breve – assim que reabrir. Você compra o ingresso pelo site e custa U$24 por adulto.

Endereço: 30 Rockfeller Plaza.

Como Chegar: De metro, pelas linhas B, D, F e M (estação Rockfeller Center), N, R e Q (estação 49St) ou E e M (estação 5av-53St). De ônibus, pelas linhas M1, M2, M3, M4 e M50.



Dica de Restaurante em NY: Locanda Verde

From NYC

O Locanda Verde, restaurante do Robert De Niro, fica em uma ruazinha charmosa em Tribeca e faz parte do hotel Greenwich. O restaurante abriu em 2009 e está na moda desde então. O cardápio é sazonal com opções de massas feitas lá mesmo e bem elaboradas, sempre com opções vegetarianas.

locanda-verde

Fomos com um casal, e pedimos duas entradas: o Sheep’s Milk Ricotta (uma ricota de leite de ovelha) que estava incrível e um Steak Tartar.

locanda-verde-entradinhas

Eu e o Dan pedimos o Casarecce, uma massa verde com ervilhas e azeitonas verdes e queijo Pecorino. Nossos amigos pediram o My Gradmother’s Ravioli, com recheio de carne de porco e vitela.

locanda-verde-pratos

As sobremesas são muito diferentes e elaboradas! Pedimos um Chocolate-Sourdough Tortino e um La Fantasia di Cassata.

locanda-verde-sobremesas

Por ter portas de vidro bem grandes para a rua, acaba sendo concorrido durante o verão. Eu fui no inverno, e estava relativamente vazio. No verão e aos finais de semana, é melhor fazer reserva, para qualquer refeição: eles servem café da manhã, almoço, brunch e jantar.

Endereço: 377 Greenwich Street (esquina com a N Moore Street).

Como chegar: De metro, pelas linhas 1 (estação Franklin St), A, C ou E (estação Canal St). De ônibus, pela linha M20.



Dica de loja em NY: Lee’s Art Shop

From NYC

Hoje vou mostrar para vocês a Lee’s Art Shop, uma papelaria incrível, que na verdade, é mais do que uma papelaria! São 4 andares: o primeiro uma papelaria imensa, o segundo tem lustres maravilhosos e moveis com designs bem diferentes, terceiro tem mais um pouco de papelaria, e o ultimo tem brinquedos para crianças e decoração de festas.

lees-art-shop

No primeiro andar, você encontra presentes originais, artigos de decoração, material de arte e s scrapbooks, e é um paraíso para quem gosta de artesanato, ou trabalha com desenho ou arquitetura, decoração e artes em geral. Além disso, uma parede de canetas dos mais diversos tipos!

lees-art-shop-papelaria

No segundo andar, eu fiquei maravilhada com os lustres maravilhosos que a loja oferece, assim como movéis com design bem diferente.

lees-art-shop-lustres

O terceiro andar volta a ser de papelaria, aí uma parte mais sobrea de papelaria mais comum (por isso nem fotografei!).O último andar conta com brinquedos diferentes para crianças e decoração e artigos para festas.

lees-art-shop-kids

Endereço: 220 West 57th Street (Entre a Broadway & 7th Ave).

Como chegar: De metro, pelas linhas F (estação 57St), N, R, Q (estação 57St-7Av),  e A, B, C e D (estação 59St – Columbus Circle). De ônibus, pelas linhas M20, M31, M57 e M104.



Página 5 de 103456710